Pages

FUGAZ *

/
//
///
//////
/////////
///////
/////
////
//
A vela incontida
em lágrima e vida
derrama-se em paz.
Escorre e derrete,
Esgota e reflete
Um raio fugaz.
//////////////////////////////////////
* de 1997, publicado no Violoncelos em 2004.

Emerson Batista

2 comentários:

Teia de Textos disse...

Ah! Lindo!!! Amo suas poesias!!!!

Maria Maria disse...

Lindo poema, esse Fugaz!Você está cada vez melhor! Beijos nas pontas dos versos

Instagram