Pages

ENTRETANTO

* (1)

Entre o Tudo e o tanto:
Quase menos.
Entre a vida e a tristeza,
Entretanto.

Entre a busca e a conquista,
Caminho.
Tanta distância e partida,
Adeus.

Entre o céu e o abismo,
Oração.
Tanto o olhar como o sorriso,
São teus.

Entre o Passado e o Destino,
A porta entreaberta.
Tanto imagem quanto o espelho,
Ilusão.

Entre o Tempo e o Espaço,
Compasso.
Tanta música ao vento,
Compaixão.

Entre o Verbo e o Calvário,
A Palavra.
Tanto aqui como sempre,
Salvação.

Entre o sono e o dormir,
Recomeço.
Entre o azul e as estrelas,
O dia.

Entre a pedra e a poeira,
Tropeço.
Entre a palavra e o silêncio,

Poesia.

Emerson Batista

7 comentários:

Rúbida Rosa disse...

O paralelismo é sempre um ótimo meio de dar ritmo às palavras... A imagem também foi bem escolhida.
Parabéns!

GiGi disse...

"Sou uma gota d'água... Sou um grão de areia-a".

Estou com este trecho na cabeça, eheheh.

Gostei muito, achei muito fofa a poesia!

Entre tantas e tantos,
Palavras...
Simples palavras
Formosa poesia!

Eheheheh

Um beijo!

Maria Maria disse...

Escândalo!!!!!!!! de lindo!!!!!!
Beijos

Anônimo disse...

A poesia eu já conhecia e é linda. Agora, a ilustração ficou perfeita!
Beijo.

Rosangila Romanin disse...

Linda a sua poesia.
Me rendi a sua forma de escrever...eu também busco na poesia o que há de mais belo. Estou aprendendo a escrever e sempre que posso vou exercitando minhas palavras no meu blog
roserom.blogspot.com
Abraços poéticos

gui-da-aline disse...

Eita menininho porreta de bom esse Emerson.

Abração, ó sonetista preferido!

Guilherme

reginasabaine disse...

Gostei...tem sonoridade!!!Parabéns.

Instagram