Pages

Antes do Amanhecer



 O que é amar para sempre? No espaço de um encontro sem intervalos acontece “Antes do Amanhecer (“Before Sunrise”, 1995), que narra a história de Celine (Julie Delpy) e Jesse (Ethan Hawke). Celine voltava de Budapeste a Paris depois de visitar a avó. Jesse voltava para os Estados Unidos depois de estar na Espanha.  O destino dos dois começa a se cruzar quando Celine se incomoda com um casal de alemães discutindo, muda de assento no trem e fica defronte a Jesse, que também tentava ler um livro. “Sobre o que eles discutem?”, pergunta Jesse, ela responde “Meu alemão não é muito bom”. Isso não foi à toa, pois quem descobre o amor perde a capacidade de entender desentendimentos. Entremeados a folheadas nos livros, protegem-se como escudo e revelam-se como íntimos.

Mas a viagem é curta. Jesse então convida Celine a não seguir viagem e os dois descem em Viena para juntos passearem nas poucas horas que possuem. Como dois anjos vasculhando cada pedaço de tempo que o céu lhes concedeu, percorrem cemitérios, parques e bares. O tempo urgente, a pressa de se entregar arrebata esses dois jovens que trazem o mundo dentro de si. Com certeza, um filme diferente e romântico que não pode faltar no repertório de recordações.

Emerson Batista

9 comentários:

Cristiano Melo disse...

Por incrível que pareça ainda não havia assistido a este filme, mas agora me deu curiosidade de assisti-lo. Valeu a dica!
abraços

Poeta Da Colina disse...

Este filme e a sua seqüência são incríveis. Um filme só de dialogos e sentimentos puros e verdadeiros, reais a flor da pele. É um filme muito próximo da vida, realmente sensacional!

Sunflower disse...

E eu que cada ano que passa me identifico mais com os personagens da Julie Delpy. O último é o de Dois dias em Paris.

Liou disse...

Interesante...

Nanda disse...

Já vi, alias acho que não tem um filme de amor que eu ainda não tenha visto... sou apaixonada pelas imagens, pelas brigas, pelas frases, e choro, choro que nem criança...

Já viu "Te amarei para sempre?"

É imperdível!

Beijos

Andressa disse...

Preciso ver.

Flávia Braun disse...

Esse filme é maravilhoso. De uma intensidade e de uma sensibilidade incríveis. Toca fundo o coração. Mostra o quão intenso pode ser um encontro, e que o mesmo pode mudar pra sempre a vida das pessoas.Já vi várias vezes, pretendo rever ainda muitas outras.
Beijo

Letícia Cunha :) disse...

Já ouvi falar bastante desse filme, mas nunca tive a oportunidade de assisti-lo, talvez até mesmo por esquecimento. Mas, depois dessa resenha, vou até anotar para não esquecer, com certeza vou assisti-lo!
=)

Michele disse...

Acredito que muitos irão desligar o avatar, então já vou me adiantando.

Vim aqui deixar meus sinceros votos de um Feliz Natal e um ano novo repleto de grandes realizações.

Boas festas. Até breve...

Preciso desligar o avatar. Férias. Viagens. Em janeiro volto o//

Bjs,
Mih

Instagram